A Técnica de Pomodoro

Para qualquer atividade nós precisamos ter o mínimo de concentração, mas quando falamos sobre escrever, essa exigência aumenta em nível máximo.

Se concentrar e ser produtivo é imprescindível para o roteirista profissional. Aquela conversinha de que você precisa de inspiração é coisa para romancistas (eles podem levar 5 anos para escrever um livro); ninguém esperará uma brilhante ideia aparecer da sua cabeça. Existem vários outros roteiristas por aí que escrevem na velocidade da luz, isso não quer dizer que todos os seus roteiros sejam bons, mas esse tipo de roteirista tem chances reais de desenvolver ao menos 1 bom roteiro, enquanto você ainda está à espera de uma ideia brilhante.

Existe uma técnica de concentração da qual eu faço uso; nem sempre eu preciso dela, mas tem dias que realmente é difícil manter a concentração. Estou falando sobre a técnica de Pomodoro. Eu não sei se você já ouviu falar sobre isso, mas se você quiser usá-la, você precisará respeitá-la e ser rígido, aliás, nada funciona sem comprometimento – NADA.

Esta técnica foi criada pelo italiano Francesco Cirillo; ela serve para muitas coisas, mas aqui o que nos interessa é a escrita do roteiro.

courses-phototop1
Francesco Cirillo

Acione o cronômetro de seu celular, e divida seu tempo de trabalho em 4 blocos de 25 minutos. A cada bloco de 25 minutos, faça uma pausa de 5 minutos e quando o último bloco terminar, faça uma pausa maior – eu faço 20 minutos, mas você pode fazer 30 minutos (eu não gosto de fazer pausas muito extensas).

Ok, mas há um problema quando falamos sobre escrita, ela pode estar fluindo muito bem e o bloco de 25 minutos está terminando. Eu aprendi isso na prática; então, se sua escrita estiver fluindo, ao término do primeiro bloco de 25 emende mais 25, e se ao término desse bloco você ainda estiver em pleno funcionamento mental, emende mais um bloco de 25, mas você precisa estar ciente de que ao fazer as emendas não poderá quebrá-las, e terá de permanecer nelas até o final.

Se seguir este rumo, é bem provável que no final de um desses blocos emendados você estará exausto; isso é, você poderá fazer um intervalo maior e o tempo dele dependerá de quantos blocos de 25 minutos você emendou. Por exemplo, se você emendou 2 blocos de 25 minutos, faça uma pausa de 15 minutos, mas se emendou 3 blocos de 25, faça uma pausa de 30 minutos.

crono
Cronometrando seu Tempo

Sobre as pausas: é essa a hora que você pode fazer o que quiser. Eu sei, a nossa tendência é permanecer em frente ao computador (e-mail, redes sociais e etc), mas eu aconselho que você dê prioridade para momentos de distração, que não gerem tensão: vá caminhar, olhe para fora da janela – respire e descanse de verdade. Nos momentos verdadeiramente ociosos que as ideias brilhantes surgem. Eu já tive boas ideias lavando a louça, por exemplo.

1
Corte a Tensão

Bem, espero que isso te ajude em algo. É apenas uma dica, uma técnica que funciona comigo e talvez possa funcionar com você.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s